SOBRE NÓS

 

RESUMO BIOGRÁFICO

 

Ricardo A. S. Miranda jovem da periferia de São Paulo, pintor e como se auto-intitula “arteiro” de codinome artístico Ricardo Negro, iniciou a carreira artística no ano de 2004 com graffiti, em 2009 se formou na faculdade de artes visuais, nesse interim passeou por diferentes temas em sua produção artística e hoje se dedica ao estudo e pintura das comunidades/favelas de seu país. Analisa a singularidades das imagens expostas pelas periferias brasileiras com alegria, pureza e intimidade. Sua pesquisa é baseada nas vivências do cotidiano, de estudos arquitetônicos a partir da relação estética entre ele e as comunidades. Relações estas, observadas nas periferias do Rio de Janeiro, São Paulo, além, de estudos visuais em espaços inesperados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe, Paraíba e tantos outros lugares por onde passa. Esse aprofundamento na arquitetura das favelas estimulou Negro a criar telas mais elaboradas, ao ponto de fomentar um olhar novo sobre o tema, encontrou fascínio naperiferia, com suas formas e cores vibrantes. Atualmente, expõe obras na galeria Roberta Britto, as casinhas e personagens que transmitem sua realidade vêm ganhando espaço no meio artístico, encantando colecionadores como o artista Neno Ramos e a galerista Roberta Britto.

Em maio de 2014 juntamente a galeria doou trabalhos para importantes leilões beneficentes “Brasil Mônaco Project” em parceria com Instituto Ayrton Senna e “APAF Associação Paulista de Apoio a Família”, projeto dos quais participam como instituidores Doda Miranda e Athina Oassis. Em 2015 participou de eventos no Brasil e no exterior. Levou a galeria Anthony Liggins, Miami Beach – FL nos Estados Unidos “BRAZIL IN TRANSMUTATION” em exposição solo. No mesmo ano foi convidado para ilustrar a imagem de divulgação do concurso fotográfico da coluna “Na pegada da Periferia” do jornal Diário de São Paulo. O ano de 2016, Ricardo conquistou importantes parcerias, pintou dois grandes murais para o Centro Educacional Infantil Luz e Lápis, projeto da empresa AES Eletropaulo, em agosto do mesmo ano três pinturas da série “Periferias” foram estampadas nos chinelos das Havaianas marca da renomada empresa Alpargatas. A coleção ”Retratos do Brasil” das Havaianas promete fazer sucesso aqui e no exterior e marcará uma nova fase do jovem artista que tem por objetivo pessoal tornar a arte acessível a todas as classes.

Iniciando 2017 com novos projetos Negro realizou a curadoria da exposição “Arte que transforma”, do projeto Recicle mais, Pague Menos da AES Eletropaulo. Recentemente em parceria com as Havaianas, Projeto Retratos do Brasil viajou para Europa num tour artístico realizando trabalhos e entrevistas em Londres – Inglaterra, Porto – Portugal e Dublin – Irlanda.  Além dos projetos paralelos com a Galeria Nega, loja virtual lançada em 2019. 

Sobre a loja

Ricardo Negro artista plástico, conhece o universo da arte a partir do graffiti, aos 18 anos ingressa na faculdade de artes visuais onde inicia pesquisa sobre comunidades/favelas de seu país. Em 2013 fima parceria com a galeria Roberta Britto onde desenvolveu projetos no Brasil e exterior. Recentemente participou do projeto Retratos do Brasil das Alpargatas/Havaianas e fundou a Galeria Nega.

Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

Ricardo Alves da Silva Miranda - CPF: 365.315.498-74 © Todos os direitos reservados. 2020